Sites Grátis no Comunidades.net

Distúrbios Alimentares na Adolescência



Total de visitas: 181192
Diabetes

O que é a diabetes?
É uma alteração metabólica dos açúcares, das proteínas e das gorduras causada por problemas na produção de uma hormona pancreática chamada insulina.
A diabetes não é regressiva e que até agora não tem cura definitiva.



O que acontece se a insulina não é produzida correctamente?
A insulina controla o nível de glicose no sangue, regula a sua produção e o seu armazenamento no fígado e nos músculos e, faltando no sangue ou sendo produzida em menor quantidade impede o organismo de utilizar normalmente o açúcar ficando este acumulado numa alta concentração no sangue, depois os rins filtram o sangue e tentam remove-lo expelindo-o pela urina, esta passa a ter açúcar e o seu volume aumenta, o doente além de ter muita fome passa também a ter muita sede.

Quais os tipos de diabetes!

•Diabetes tipo 1 ou juvenil- o organismo não produz a insulina, por isso é insulinodependente.
Surge na infância ou na adolescência, mas contudo pode aparecer aos trinta anos de idade.
Neste tipo, o doente é ensinado a fazer a sua injecção de insulina diariamente alternando nos braços e nas pernas.
•Diabetes tipo 2 ou do adulto- o organismo ainda produz insulina, mas em quantidade insuficiente ou não é eficaz (resistência à insulina).
Surge na idade adulta mais avançada (depois dos trinta anos).
Neste tipo, o doente não necessita fazer insulinoterapia, apenas necessita de fazer uma dieta alimentar equilibrada, exercício físico e hipóglicemiantes orais ( medicamentos).

Sintomas:
•aumento do volume da urina (poliúria)
•a urina fica “doce”
•muita sede
•muita fome
•suores frios
•dores de cabeça (cefaleias)
•emagrecimento (apesar de comer muito).

Causas:
•Hereditariedade (principal factor)
•vírus que provoca uma infecção em pessoas predispostas para diabetes
•alimentação feita à base de produtos refinados
•consumo de muitas gorduras e açúcar
•níveis elevados de colesterol e triglicéridos
•obesidade
•hipertensão arterial.

Possíveis consequências:
•cegueira
•amputação de membros (invalidez)
•doenças cardiovasculares
•coma
•morte

“Tratamento”:
•injecções de insulina
•dieta alimentar equilibrada
•exercício físico regular.

Possíveis prevenções:
•alimentação correcta e racional
•prevenção de obesidade
•prevenção das cáries dentárias
•prática de exercício físico
•praticar as normas de higiene corporal
•rastreio (análises à urina e ao sangue).




Criar um Site Grátis   |